Curta paulista é finalizado com dinheiro de rifa e vai para Cannes

Curta paulista é finalizado com dinheiro de rifa e vai para Cannes

Fonte: UOL

Um dos poucos representantes brasileiros no Festival de Cannes deste ano vem do interior de São Paulo e só conseguiu ser finalizado com o dinheiro arrecadado em rifas.

O curta-metragem nacional “Command Action”, dirigido por João Paulo Miranda Maria e produzido pelo Coletivo Kino-Olho, será exibido na Semana da Crítica, mostra paralela dedicada aos primeiros e segundos filmes de cineastas do mundo todo, a ser realizada entre os dias 14 e 22 de maio.

A história, de 14 minutos, se passa em uma feira popular no periférico bairro de Cervezão, em Rio Claro, no interior de São Paulo, e gira em torno de um
garoto que vai comprar legumes para a família, quando encontra um robô de brinquedo feito no Paraguai chamado Command Action.

O protagonista é feito pelo estudante David Martins, 14 anos, morador de Rio Claro. Martins foi escolhido entre vários alunos da rede municipal. A ideia era integrar os moradores à produção e trazer espontaneidade à história. “Fizemos uma seleção, e o engraçado é que ele tinha vários problemas na escola, várias advertências. A gente cobrou dele outro comportamento”, diz o diretor João Paulo Miranda Maria. O estímulo funcionou. “Ele já estava melhorando. Agora com a seleção [de Cannes], nós demos autoestima. Aí você vê que é tudo questão de autoestima, de ser alguém”, conta o diretor.

Mesmo com apoio da Prefeitura de Rio Claro, “Comand Action” foi feito a toque de caixa. “Fizemos com metodologia própria. Conseguimos R$ 28 mil pela a Lei Rouanet, mas estamos com dificuldade de conseguir captar. Só conseguimos de R$ 3 mil a R$ 5 mil.” A solução foi vender rifas pela cidade. Dessa forma, a equipe conseguiu mais R$ 1,5 mil para finalizar o filme.

Leia a matéria completa neste link.