Ficção e animação vencem edital Brasil-Chile da Ancine

Ficção e animação vencem edital Brasil-Chile da Ancine

Tarde Para Morrer Jovem, de Dominga Sotomayor, e Nahuel e o Livro Mágico, de Germán Acuña, foram selecionados em outubro pela Ancine e pelo Banco de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), e cada filme receberá US$ 100 mil para ser produzido.

Os critérios de seleção foram a relevância do projeto do ponto de vista das relações culturais entre os dois países; a qualidade técnica e artística do projeto; e a relevância da participação técnica e artística nacional do país minoritário na coprodução.

Tarde Para Morrer Jovem foi apresentado pela produtora chilena Cinestación Producciones. A produtora majoritária do projeto é a brasileira RT Features. O filme receberá a verba do Conselho Nacional da Cultura e das Artes – CNCA, do Chile. O longa se passa em 1990, durante o processo de estabilização da democracia no Chile.

Já Nahuel e o Livro Mágico foi apresentado pela Red Studio Brasil Produção e Animação, na qualidade de coprodutora minoritária brasileira, e receberá o investimento da Ancine. Na animação, Nahuel é um menino que vive numa vila de pescadores mas tem fobia de mar.