Longa mineiro é o grande vencedor do Festival de Brasília

Longa mineiro é o grande vencedor do Festival de Brasília

O longa mineiro A Cidade Onde Envelheço foi o grande vencedor do 49º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro (20 a 27 de setembro de 2016). O filme levou para casa quatro Candangos de Melhor Filme, Melhor Direção, Atriz (dividido entre as portuguesas Elisabete Francisca e Francisca Manuel) e Ator Coadjuvante (para Wederson Neguinho).

O novo trabalho da diretora Marília Rocha (foto) trata da sensação íntima de não-pertencimento a um lugar, por mais que nele esteja habituado e até mesmo adaptado. Esse sentimento é vivido por duas amigas portuguesas que decidem vir morar no Brasil. O roteiro de A Cidade Onde Envelheço oferece diálogos espirituosos e envolventes, de uma naturalidade impressionante.

O Último Trago, de Luiz Pretti, Pedro Diógenes e Ricardo Pretti, conquistou os prêmios Melhor Atriz Coadjuvante (para Samya de Lavor), Melhor Fotografia (para Ivo Lopes) e Melhor Montagem (Campolina).