“The Ride” aproxima pai e filho em bucólico passeio de bicicleta

“The Ride” aproxima pai e filho em bucólico passeio de bicicleta

Baseado em uma história real, um pai e um filho decidem completar um passeio de bicicleta de 100 milhas juntos.

O curta de animação “The Ride”, de 3,30 minutos, foi produzido pelo estúdio Drew Linne, dos Estados Unidos.

Meses de treinamento rigoroso levam os dois ao passeio final no Lake Tahoe/EUA.

Conforme o passeio avança, eles vão ficando cada vez mais encantados com bela paisagem do lago e o pai e o filho percebem como o passeio e a apreciação da natureza os aproximaram.

Um registro do dia a dia do bairro mais cosmopolita do mundo

Um registro do dia a dia do bairro mais cosmopolita do mundo

Quem for à abertura da Mostra Território Expandido – Documentários, dia 05/12, na Caixa Belas Artes, no Centro de São Paulo, poderá conferir o 40º documentário de Frederick Wiseman intitulado “In Jackson Heights”.

O filme aborda a diversidade étnica e cultural do bairro Jackson Heights, no Queens, uma das comunidades mais múltiplas da cidade de Nova York. O documentário faz bonita defesa da preservação da cultura e da dignidade.

Frederick Wiseman, de 85 anos, é conhecido por seus filmes sem narrador/entrevistador, e demonstra neste documentário como buscar a objetividade sem fazer disso uma utópica bandeira pela imparcialidade. Ao mesmo tempo nos presenteia com uma produção de uma clareza de raciocínio ímpar, mas sem ser didático demais.

Para tornar a câmera invisível, Wiseman expõe as personagens em situações naturais. Assim, “Em Jackson Heights” se faz de cenas de conversas em sessões de terapia coletiva, em assembleias, encontros de centro comunitário, ou apenas entre amigos.

A partir do dia 06/12 a 10/12, a Mostra Território Expandido continua na Unibes Cultural/SP.

Filme retrata Síndrome de Down de forma delicada

Filme retrata Síndrome de Down de forma delicada

“Um a Mais, Um a Menos” é um documentário espanhol de Alvaro Pastor e Antonio Naharro, lançado em 2002.

Uma jornalista planeja um documentário e, inesperadamente, ela entra em um universo desconhecido, o de Lourdes, a adolescente com Síndrome de Down que pretende retratar.

Lourdes surpreende a jornalista quando inverte a situação e delicadamente toca em seu ponto fraco. Aos poucos, o relacionamento das duas mulheres evolui para um interesse sincero e uma amizade verdadeira.

Sérgio Bernardes: arquiteto aponta soluções para os problemas do RJ

Sérgio Bernardes: arquiteto aponta soluções para os problemas do RJ

Documentário assinado por Xavier de Oliveira explora a visão de futuro do arquiteto Sérgio Bernardes para o Rio de Janeiro. A produção de “Rio – Uma Visão de Futuro” é do INCE – Instituto Nacional de Cinema Educativo, de 1966.

Maquetes e desenhos de aeroportos, portos, e bairros remodelados propõem a criação de uma cidade vertical para o problema urbanístico e a sua transformação num centro internacional de atividades comerciais e culturais.

Bernardes aponta soluções para a maioria dos problemas enfrentados pelos cariocas, muitos vivendo em favelas na década de 60. Seu plano inclui a recuperação da natureza e a transformação da cidade numa mais habitável do ponto de vista humano.

“Ao Meu Pai Com Carinho” é ficção com jeitão de comédia

“Ao Meu Pai Com Carinho” é ficção com jeitão de comédia

Marcio, um jovem de classe média alta, é vítima de sequestro relâmpago. Os bandidos erram a ligação telefônica e acabam negociando com Bruno, um jovem entediado de passar as tardes juntos com os amigos e jogos eletrônicos.

Bruno, pensando se tratar de um trote, decide entrar na “brincadeira” e acaba surpreendendo os sequestradores.

“Ao Meu Pai Com Carinho” é uma ficção que namora com a comédia. O curta de 15 minutos, dirigido por Fausto Noro, tem Tiago Abravanel no elenco.

“Chapa” mescla humor com paixão pela seleção brasileira

“Chapa” mescla humor com paixão pela seleção brasileira

Na véspera da Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil, dois padeiros (Chapa e Feola) são demitidos injustamente pelo filho do antigo patrão que planeja modernizar o negócio.

Como vingança, os funcionários decidem roubar o estabelecimento durante o primeiro jogo do mundial. Mas precisam terminar antes que o primeiro jogo do Brasil comece.

Essa é a trama da comédia “Chapa”, dirigida por Fábio Montanari, que recebeu o prêmio aquisição do Porta Curtas e do Canal Curta! no Panorama Paulista do Festival Internacional de Curtas de São Paulo de 2015.

 

 

Mostra mineira abre espaço para filmes de animação

Mostra mineira abre espaço para filmes de animação

O passarinho é ferido e o espantalho o socorre. Mas o passarinho maltrata espantalho. Essa é a temática do curta-metragem de animação “O Espantalho e o Passarinho”.

O curta participou em 2016 da seleção da quarta Mostra Traga Seu Filme, projeto permanente do Cine Humberto Mauro, de Belo Horizonte, MG. Ao todo, foram selecionados cinco curtas-metragens de animação de diretores mineiros.

Dirigido por Larissa Aparecida Lima da Silva, o filme é o Trabalho de Conclusão do Curso de Artes Visuais, na UFMG, em 2008.

No geral, os diretores utilizam técnicas variadas como o 2D tradicional, 2D digital, stop motion, pintura sobre papel e pintura sobre vidro.

 

Músico mineiro, Johnny Black ganha registro em documentário

Músico mineiro, Johnny Black ganha registro em documentário

“De Quando em Vez” é um curta sobre música que constrói, de maneira poética, vários dias dentro de um dia na vida do músico mineiro Johnny Black.

Dirigido por Jáder Barreto e Rafaella Lima, o filme foi produzido parcialmente com verba da Agência de Desenvolvimento do Polo Audiovisual da Zona da Mata de Minas Gerais.

O curta está na seleção de cinema do MIMO 2016, festival dedicado exclusivamente à música que está sendo realizado nos dias 11, 12 e 13 de novembro, no Rio de Janeiro.

Consagrado como um dos maiores festivais do Brasil, o MIMO é patrocinado pelo Bradesco, Cielo e BNDES.

 

“Um Passinho Para Três Destinos” celebra a consciência negra

“Um Passinho Para Três Destinos” celebra a consciência negra

O documentário é uma narrativa produzida e dirigida pelo fotógrafo Carlos Alberto da Silva Junior, que relata a história de três jovens negros da comunidade do morro do Coqueiro, em Vila Valqueire, na zona Oeste do Rio de Janeiro.

No dia 18 de novembro, o média-metragem de 40 minutos com vídeos de danças, músicas e entrevistas, será exibido na Mostra de Cinema e Vídeo Zumbi dos Palmares.

A Mostra surgiu da parceria entre o Renascença Clube, a Cinemateca do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM), o Acervo Digital de Cultura Negra (Cultne), e a Oficina de Comunicação e Design Benguelê, para celebrar a Semana Nacional da Consciência Negra, celebrada no mês de novembro.

“Um Passinho Para Três Destinos” será exibido às 17h na Cinemateca do MAM. R$ 8,00 (inteira), R$ 4,00 (meia).

 

 

 

Semelhanças entre Brasil e Uruguai estão em “A Linha Imaginária”

Semelhanças entre Brasil e Uruguai estão em “A Linha Imaginária”

O curta-metragem “A Linha Imaginária”, de Cíntia Langie e Rafael Andreazza, foi uma das atrações do festival Curtas Gaúchos de 2015.

Dois países, dois idiomas, duas culturas. Uma fronteira que ao invés de separar, une. O filme aborda as semelhanças culturais da população que vive na fronteira de Brasil e Uruguai.

Os diretores retratam o universo singular dos povos que habitam essas cidades, a partir de histórias singulares de quem vive nessas regiões.